Tudo sobre cruzeiros: dicas, notícias e curiosidades!
Caribe, Destinos, Noticias, Princess Cruises

Disney Wonder é o primeiro navio de cruzeiro a atravessar novo Canal do Panamá

por em

No final de abril, o Disney Wonder fez história ao se tornar o primeiro navio de cruzeiros a atravessar a área expandida do Canal do Panamá. Inauguradas em 2016, as novas eclusas do canal irão receber um total de 18 navios de cruzeiro durante a temporada 2017/2018.

Com mais de 100 anos, as eclusas originais do canal são significantemente menores, e não tem capacidade para receber a maior parte dos navios modernos. A limitação era tão significativa, que os navios – não só de cruzeiro – são divididos em duas categorias, os panamax e os post-panamax. Ou seja, os que conseguem atravessar o antigo canal, e os que excediam suas limitações.

Eclusas de Miraflores, inauguradas em 1914, parte do canal original

Companhias de cruzeiro como a Royal Caribbean International (RCI), a Princess Cruises e a Carnival Cruise Line desenvolveram navios de sua frota com o canal em mente. A classe Radiance, da RCI, por exemplo, foi idealizada para navegar tanto na Costa Oeste e no Alaska, como no Caribe, Costa Leste e Europa. Para poder atravessar o antigo canal, são significantemente menores que os outros navios da frota, ainda que novos.

Se excedessem o tamanho das eclusas, estes navios teriam que navegar rumo à América do Sul toda a vez que fossem navegar em destinos diferentes. Enquanto um cruzeiro de travessia do canal dura cerca de 14 noites, a viagem completa, pela América do Sul, tem três vezes essa duração. Na frota da Princess, os gêmeos Island e Coral Princess foram projetados sob a mesma luz. Na Carnival, esse é o caso da classe Spirit.

Com as novas eclusas, no entanto, praticamente todos os navios de cruzeiro da atualidade terão a capacidade de atravessar o canal. Isso permitiu a criação de roteiros pelo canal com navios maiores. O Emerald Princess será o primeiro navio post-panamax a atravessar o canal, no final desse ano.

A Norwegian Cruise Line também tirou proveito das novas eclusas, promovendo a estréia de um novo navio na Costa Oeste. Com a facilidade de atravessar o canal, o Norwegian Bliss navegará diretamente para Seattle após sua inauguração. O navio, post-panamax, navegaria apenas no Caribe e Europa, caso o canal não tivesse sido ampliado. A estréia do Bliss está marcada para 2018.

Disney Wonder navega rumo à Costa Oeste

Disney Wonder atravessa novas eclusas, com a ajuda de rebocadores

No primeiro trânsito pelo novo canal, o Disney Wonder realizava um cruzeiro rumo a Costa Oeste dos EUA. O navio da Disney Cruise Line ficou baseado em Port Canaveral durante a temporada 2016/2017, realizando cruzeiros para o Caribe. Com o fim desta temporada, segue rumo ao Alaska, onde navegará no verão norte-americano.

Antes, no entanto, realiza uma série de cruzeiros a partir de San Diego, na Califórnia, escalando portos no México. A temporada de verão terá embarques em Vancouver, no Canadá, para roteiros de 7 noites pelo Alaska.

Inaugurado nos anos 90, o Wonder é um dos quatro navios da Disney Cruise Line (DCL). Recentemente remodelado, o navio tem capacidade para cerca de 2,700 passageiros.  Além do Caribe, do Alaska e da Costa Oeste, a DCL navega na Costa Leste dos EUA, e na Europa. Com duração que varia entre 3 e cerca de 20 noites, as viagens são temáticas e contam com diversas atrações exclusivas.

O Disney Wonder, por exemplo, é o único local onde o musical “Frozen – a musical spectacular”, está em cartaz. O cuidado com a produção é tanta, que o teatro onde o musical é apresentado foi totalmente adaptado em estaleiro.