Tudo sobre cruzeiros: dicas, notícias e curiosidades!

Categoria: Celebrity Cruises

CELEBRITY CRUISES

História

Texto e Imagens Daniel Capella

A Celebrity Cruises é uma companhia de cruzeiros premium, lançada em 1988. Hoje sediada nos EUA, a marca foi concebida por um armador grego, a Chandris Lines. Os primórdios da companhia são fruto de uma interessante história, que começou como uma improvisação do tradicional armador grego, para aproveitar uma oportunidade de negócio nos EUA. A história começa quando a Holland America Line (hoje parte do grupo Carnival), compra a tradicional Home Lines, uma companhia italiana que operava há cerca de 40 anos no mercado premium dos EUA com navios como o Oceanic (que depois operou pela Pullmantur), e o Atlantic (depois vendido para a MSC e renomeado Melody).

CELEBRITY CRUISES2Apesar de sediada em Gênova, a Home Lines era uma companhia internacional, e operava cruzeiros desde Nova Iorque para as Bermudas, em um roteiro regular, que, na época, era conhecido por sua qualidade e considerado upmarket. Na época a operação era bastante lucrativa para as empresas, e regularizada diretamente pelo governo das Bermudas. A administração local havia feito cinco contratos com operadoras de cruzeiros. Quem os assinasse, teria direito a prioridade na atracação nos portos do país, e trânsito ilimitado entre as ilhas. Em troca disso, a empresa se comprometeria a realizar os roteiros para lá regularmente, ao menos entre abril e outubro de cada ano. A Home Lines possuía dois dos cinco contratos cedidos pelo governo, e assim que foi adquirida pela Holland America Line, abandonou o roteiro, abrindo assim espaço para uma nova operadora. A Chandris Line se interessou na oportunidade, e passou a negociar com o governo das Bermudas para preencher essa lacuna.

A empresa, no entanto, não possui navios de alto nível, operando apenas cruzeiros tradicionais operados apenas por antigos liners, boa parte deles construídos na década de 70 e 60. O governo das ilhas procurava, no entanto, firmar novos contratos com uma companhia luxuosa, que oferecesse produto semelhante ao da Home Lines. A Chandris não se enquadravam nas exigências do governo. Os gregos no entanto, não queriam perder a oportunidade de negócio, e articularam a criação de uma nova companhia para atender aos padrões exigidos para o contrato. Assim surgiu a Celebrity Cruises, criada como companhia premium pela Chandris com o objetivo claro de substituir a Home Lines nas Bermudas.

O primeiro navio, Meridian entrou em operação em 1990, após passar por uma grande reforma que adaptou-o ao conceito da companhia. Neste mesmo ano, o Horizon, navio que já estava sendo construído para a Chandris, foi transferido e inaugurado pela Celebrity, seguido de um segundo navio, o Zenith, dois anos depois. Ainda sob controle da Chandris, e com cinco navios na frota, a companhia acabou ganhando uma proporção muito maior, aumentando suas também para outras áreas. Em 1997, a marca é vendida para o grupo norte-americano Royal Caribbean. A partir daí a empresa ganha ainda mais destaque, e internacionalizando seus roteiros, passando a navegar, inclusive, na América do Sul e Brasil. Outro ponto que ganhou destaque foi o aumento da frota, com uma nova classe de navios.

Hoje, a Celebrity é a segunda maior marca do grupo Royal Caribbean, com uma frota de doze navios. Junto com a Princess Cruises, a companhia é pioneira nos cruzeiros premium em navios de grande porte. A classe Solstice, lançada em 2008, é a maior da frota. Cada um dos navios deste tipo tem cerca de 125,000 toneladas e capacidade para aproximadamente 2,800 passageiros.

Estilo e Características

A Celebrity Cruises é uma companhia de cruzeiros premium. Dividido em nichos, o mercado de cruzeiros tem várias categorias. No que diz respeito a qualidade, a categoria premium está um pouco a cima das companhias padrão, oferecendo culinária de maior qualidade, uma tripulação mais numerosa e capacitada e maior gama de serviços e amenidades incluídas. Parte do grupo Royal Caribbean, a Celebrity oferece um produto superior que o da principal marca do grupo, a Royal Caribbean International.

A companhia é embaixadora do que chama de “Modern Luxury”, ou luxo moderno em português. A ideia desse conceito, é oferecer uma experiência luxuosa, mas ao mesmo tempo simples e moderna, deixando um pouco de lado a ideia de ostentação e complexidade normalmente associadas a ambientes luxuosos.

Isso reflete, por exemplo, no código de vestimenta a bordo. Diferentemente de outras companhias de alto padrão, a Celebrity não pede que seus passageiros utilizem roupas de gala. Durante o dia, os passageiros podem se vestir como sentem-se mais a vontade. Durante as “Chic Evenings”, a companhia pede que os passageiros se vistam mais elegantemente, mas sem a necessidade de vestidos longos e smokings, por exemplo.

O conceito também reflete na decoração as últimas gerações de navios da companhia. Projetados dentro da ideia do Modern Luxury, são inovadores, modernos e simplistas. A decoração é extremamente elegante, sem utilizar de metais dourados e madeira, como navios de luxo tradicionais.

A culinária é um capítulo a parte, com gastronomia gourmet em todos os restaurantes do navio e cardápios diferenciados. Escargot, por exemplo, é uma opção sempre disponível nos restaurantes principais. As opções são variadas, há restaurantes temáticos também (alguns não inclusos na tarifa do cruzeiro), como o Bistrô on Five, especializado em crepes. Destaque para o buffet OceanView, que oferece sushi durante a noite, além de massas preparadas sob medida para o passageiro, e um buffet de sorvetes (incluído!!) durante a maior parte do dia.

Há pessoas de todas as gerações a bordo dos navios da companhia, mas a maior parte do público é composta por viajantes com mais de 45 anos.

No que diz respeito ao entretenimento, a Celebrity prima por grandes produções em seus teatros, aliados a música ao vivo em ambientes intimistas como o Martinis Bar, e por animadas festas nas boates!

Destinos de Atuação

Os navios da Celebrity Cruises navegam principalmente em dois destinos: a Europa e o Caribe. No Velho Continente, os cruzeiros passam pelos principais portos da região. A companhia oferece roteiros pelo Mediterrâneo, Ilhas Gregas (na foto, o Celebrity Silhouette em Mykonos) e também pela parte ocidental e sentrional do continente. As temporadas nessa região são sazonais, normalmente ocorrendo entre abril e novembro. Os principais portos de embarque são Barcelona, Southampton, Veneza, Civitavecchia (Roma) e Amsterdam.

No Caribe, as viagens partem dos EUA e de San Juan (Puerto Rico), e navegam pelos principais destinos da região. O principal porto de embarque é Ft. Lauderdale, no sul da Flórida, no Caribe. Diferentemente dos roteiros europeus a temporada pelo Caribe não é sazonal, e acontece durante todo o ano.

Na América do Norte, a Celebrity ainda tem roteiros pelo Alaska, pelo Canadá & Nova Inglaterra e para as Bermudas, além de realizar pontualmente itinerários para o Canal do Panamá.

Na América do Sul, navega pela Patagônia e Terra do Fogo, e também pela costa brasileira, em passagens ocasionais – normalmente sem embarque em portos nacionais.

A companhia ainda dedica parte de sua frota para a Ásia e Oceania. Nas próximas temporadas oferecerá cruzeiros pelo sul da Ásia, pelos Emirados Árabes e pelo Pacífico Sul, partindo da Austrália.